ANÁLISE CLIMÁTICA E A IDENTIFICAÇÃO DE EXTREMOS DE PRECIPITAÇÃO NA ILHA DO MARAJÓ/PARÁ

Autores

Resumo

A precipitação é considerada uma das variáveis climáticas mais importantes e investigadas na Amazônia, tendo em vista que os ecossistemas florestais são atuantes no ciclo hidrológico e na distribuição da chuva regional. O artigo tem o objetivo de apresentar a variabilidade anual em anos de extremos climáticos da precipitação na ilha do Marajó, com identificação dos eventos extremos positivos e negativos de chuva por município, durante o período de 1981 a 2021. A metodologia embasou-se em dados de sensoriamento remoto com resolução espacial e temporal disponibilizados pelo Climate Hazards Group InfraRed Precipitation with Stations (CHIRPS), e associados ao modelo estatístico “Box plot” para identificação dos extremos climáticos. Para descrição dos valores de extremos climáticos, utilizou-se os acumulados mensais de precipitação, com a geração de 12 gráficos com base na série analisada. Os resultados descrevem que os anos de extremos de clima como o El Niño/1983, apresentam os menores acumulados 1.157mm, e a La Niña/1988, os maiores acumulados 4.055mm. A pesquisa foi satisfatória para preencher a ausência de dados sobre a variabilidade e extremos de chuva, sobretudo, quando associados a regiões extensas e com escassez de dados. Os produtos gerados tendem a contribuir com pesquisas climáticas para região

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Christian Nunes da Silva, Universidade Federal do Pará

Bacharel e Licenciado em Geografia; Especialista em Gestão Ambiental; Especialista em Geoprocessamento e Ordenamento Territorial; Especialista em Ecologia e Gestão Ambiental; Mestre em Geografia; Doutor em Ecologia Aquática e Pesca e Pós-doutor em Desenvolvimento Regional (PPGMDR/UNIFAP). Pesquisador do Grupo Acadêmico a Produção do Território e Meio Ambiente na Amazônia (GAPTA/CNPq). Atualmente é Docente da Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (NUMA/UFPA) e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGEO/UFPA - Mestrado e Doutorado Acadêmico) e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM/UFPA - Mestrado e Doutorado Profissional). Foi Vice-coordenador do PPGEO/UFPA no período de 2012 a 2016; Vice-coordenador do PPGEDAM/UFPA nos anos de 2019 a 2021 e atual Coordenador do PPGEDAM/UFPA para os anos de 2021-2023. É coordenador do curso de especialização em Geoprocessamento e Análise Ambiental (CGAA/PROFIMA/NUMA/UFPA) e Coordenador Adjunto do curso de especialização em Educação Ambiental e Sustentabilidade (CEAS/PROFIMA/NUMA/UFPA). Participa como Professor Visitante no Instituto Polítécnico de Beja (Portugal), Possui livros e artigos publicados com ênfase em Geografia e Cartografia; Impactos de Grandes Empreendimentos na Amazônia Brasileira, Ordenamento Territorial e Gestão dos Recursos Naturais na Amazônia; Mapeamento Participativo e Territorialidades; Geoinformação e uso de Geotecnologias.

Maria Lucia Brito da Cruz , Universidade Estatual do Ceará

Tenho graduação em GEOGRAFIA pela Universidade Estadual do Ceará (1986), Especialização em Sensoriamento Remoto pelo Instituto nacional de pesquisas Espaciais - INPE(1989), Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Ceará-UFC (1998), Doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco-UFPE (2010) e Pós-Doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Pará-UFPA(2018). Atualmente estou professora da Universidade Estadual do Ceará junto aos cursos de Geografia em nível de Graduação e Pós-Graduação. Tento Ser e Saber Fazer Geografia

Marcos Ronielly da Silva Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará

Professor na área de Engenharia Ambiental. Pós-doutor em Geografia Regional. Doutor e Mestre em Ciências Ambientais. Especialista em Docência no Ensino Superior e Engenharia de Segurança do Trabalho. Bacharel em Engenharia Ambiental. Graduado em Gestão Ambiental. Foi docente externo na Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área Interdisciplinar e de Meio ambiente, com ênfase na análise de paisagem por meio da utilização das técnicas de geoprocessamento. Atua nos temas: Meio Ambiente, Saneamento, Recursos Hídricos, Climatologia e Vulnerabilidade Socioambiental. Exerceu monitoria nas disciplinas de Geoprocessamento, Meteorologia Sinótica II e Análise e Previsão do Tempo. Foi Bolsista de Iniciação Tecnológica e Industrial tipo A no Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM), participou da comissão técnica-científica do I Seminário de Geografia do IFPA, do 8º Congresso Católico Universitário no CESUPA e do X Encontro Amazônico de Agrárias - UFRA. É avaliador no X Seminário de Iniciação Científica, VIII Seminário de Graduação e VI Salão de Extensão da Universidade Federal do Oeste do Pará. É colaborador de projetos na região costeira do estado do Pará, e revisor de periódico nacional e internacional e participa de orientações e bancas na graduação e pós-graduação. Participa da Comissão do Processo Seletivo - COMPESE e da Comissão Própria de Avaliação (CPA) no Campus IFPA/Tucuruí

Arquivos adicionais

Publicado

2023-12-12

Como Citar

SANTOS QUARESMA, Milena de Nazaré; NUNES DA SILVA, Christian; BRITO DA CRUZ , Maria Lucia; DA SILVA SANTOS, Marcos Ronielly. ANÁLISE CLIMÁTICA E A IDENTIFICAÇÃO DE EXTREMOS DE PRECIPITAÇÃO NA ILHA DO MARAJÓ/PARÁ. Geoambiente On-line, Goiânia, n. 47, 2023. Disponível em: https://revistas.ufj.edu.br/geoambiente/article/view/76802. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos