VALORIZAÇÃO DO AMBIENTE ABIÓTICO COMO CONTRIBUIÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL ATRAVÉS DO GEOTURISMO: GEORROTEIRO NO GEOPARQUE MUNDIAL DA UNESCO CAMINHOS DOS CÂNIONS DO SUL

Autores

Resumo

Com o fortalecimento do geoturismo como ferramenta para o desenvolvimento regional do Geoparque Mundial da UNESCO Caminhos dos Cânions do Sul (GMUCCS), este trabalho consiste em propor um georroteiro tendo como recorte espacial o município de Timbé do Sul/SC que pertencente ao GMUCCS. A proposta do georroteiro teve como base: (i) as análises documentais bibliográficas, material cartográfico e imagens aéreas; (ii) e sucessivamente trabalhos de campo, onde, foram coletadas informações de acesso, caracterização dos geossítios, trilhas/caminhos a serem percorridos a pé ou de automóvel, possíveis custos de visitação, pontos de referência, existência de infraestrutura de apoio ao visitante e aferição das distâncias; (iii) com isso elaborou-se o roteiro e sua representação espacial, com a produção do material cartográfico realizada por meio do software livre QGIS. O resultado alcançado foi o georroteiro Rocinha – Serra Velha, onde foram selecionados três geossítios para integrar o percurso de um dia, sendo esses: Portal do Palmiro, Poço do Caixão e Cachoeira da Cortina. A produção desse material gráfico indicando o georroterio auxiliará os gestores do GMUCCS na promoção e divulgação dos geossítios indicados. Desta forma, busca-se fomentar a visitação, promoção e conservação das feições paisagísticas presentes no território do município.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jairo Valdati, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), mestrado em Programa de pós-graduação em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000) e doutorado em Geologia dell'Ambiente e del Territorio - Università degli Studi di Modena e Reggio Emilia (2005). O Título de doutorado foi reconhecido no Brasil, em Geografia Física, pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente é professor na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e colabora com a Università degli Studi di Modena e Reggio Emilia, Itália. Atua nos programas de Pós-Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental - mestrado e doutorado (PPGPLAN- UDESC) e Programa de Pós-Graduação em Geografia - mestrado e doutorado (PPGG - UFSC). Membro do Comitê Educacional e Cientifico do Geoparque Mundial da UNESCO Caminhos dos Cânions do Sul. É líder do Grupo de Pesquisa em Estrutura, Dinâmica e Conservação da Biodiversidade e da Geodiversidade BIOGEO.Atua na área de Patrimônio Natural com ênfase em Geomorfologia e Biogeografia.

Arquivos adicionais

Publicado

2023-12-12

Como Citar

SIMON PROVEDAN, Bernardo; VALDATI, Jairo; VILLAÇA GOMES, Maria Carolina. VALORIZAÇÃO DO AMBIENTE ABIÓTICO COMO CONTRIBUIÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL ATRAVÉS DO GEOTURISMO: GEORROTEIRO NO GEOPARQUE MUNDIAL DA UNESCO CAMINHOS DOS CÂNIONS DO SUL. Geoambiente On-line, Goiânia, n. 47, 2023. Disponível em: https://revistas.ufj.edu.br/geoambiente/article/view/76809. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos