Psicomotricidade relacional: estratégia de intervenção pedagógica na educação

Autores

  • Angela Adriane Schmidt Bersch Universidade Federal do Rio Grande
  • Eliane Lima Piske UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG

DOI:

https://doi.org/10.5216/rir.v16i3.60420

Resumo

Entrelaçar na pesquisa uma estratégia de intervenção pedagógica que seja capaz de apresentar influências na Educação Infantil e no Ensino Superior foi o mote do artigo. O objetivo da proposta foi apresentar uma estratégia pedagógica que potencializa o processo de aprendizagem e de desenvolvimento humano. A Psicomotricidade Relacional (PR) foi o mecanismo de intervenção nas pesquisas com crianças e estudantes de graduação, ambos no extremo Sul do Brasil. As sessões de PR na Educação Infantil e no curso de Licenciatura em Educação Física foram a tríade encontrada para construir pesquisas com as crianças e os adultos. O olhar por meio da teoria bioecológica apontam, na análise de dados, que as sessões de PR potencializam a imaginação, o faz de conta, a inventividade, a ludicidade, as relações, a organização, o planejamento, a reflexão, aspectos inerentes ao processo de aprendizagem e de desenvolvimento biopsicossocial. Portanto, trata-se de uma disciplina potente a ser ministrada no espaço do Ensino Superior para que o professor possa fazer uso desta no processo pedagógico no âmbito escolar, especialmente na Educação Infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angela Adriane Schmidt Bersch, Universidade Federal do Rio Grande

Doutora em Educação Ambiental. Graduada em Educação Física. Professora Adjunta do Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação  - PPGEDU/FURG. Coordenadora do grupo de estudos ECOINFÂNCIAS; Coordenadora do projeto Psicomotricidade Relacional e formação de educadores. 

Eliane Lima Piske, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG

outoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande- PPGEA/FURG. Bolsista CAPES. Colaboradora no Centro de Referência em Apoio às Famílias- CRAF/FURG. Integrante do Grupo de Estudos Ecoinfâncias: infâncias, ambiente e cultura. Colaboradora do UEADSL- Texto Livre da Universidade Federal de Minas Gerais.

Downloads

Publicado

2020-04-18

Como Citar

BERSCH, Angela Adriane Schmidt; PISKE, Eliane Lima. Psicomotricidade relacional: estratégia de intervenção pedagógica na educação. Itinerarius Reflectionis, Goiânia, v. 16, n. 3, p. 01–18, 2020. DOI: 10.5216/rir.v16i3.60420. Disponível em: https://revistas.ufj.edu.br/rir/article/view/60420. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê de Educação Física: Esporte e Saúde